terça-feira, 11 de agosto de 2009

"Lavo minhas mãos, isso não é problema meu", e a cena se repete!!


Todos já conhecem o que a cena acima representa: a opinião de uma autoridade é solicitada, mas, fingindo, que não pode falar nada, se omite, ao revés do que é pedido, lavando as mãos!!
Talvez não esteja me referindo ao “acima” da tela do blog, mas ao “acima” daquilo que representa o mais alto grau do poder político do País: a Presidência da República!
Lendo a revista Veja dessa semana, vi uma frase do nosso querido companheiro maior que disse: “O Senado não problema meu. Não votei no Sarney para ser presidente do Senado nem votei para ele ser senador do Maranhão.”
Para economizar palavras, sua excelência, o Presidente, poderia apenas dizer: “Lavo minhas mãos. Façam o que quiser com ele”, assim como disse o famoso Pôncio Pilatos no julgamento mais conhecido do planeta.
Essa não é a primeira vez que o nosso exemplar metalúrgico se omite quando lhe é perguntado sobre o “caso Sarney”. O que acontece? Será medo da opinião pública, já que ano que vem tem eleições? Não sei, afinal é melhor não buscarmos respostas, o ideal é também nos omitirmos. Opa, a síndrome do “lavo minhas mãos” já ta me contaminando, pois é isso que aqueles lá de cima representam pra nós: modelo de conduta. e pela imagem ao lado, percebe-se que a mão de alguem realmente precisa ser lavada!!
Não sei até quando vou ouvir frases do tipo “eu não vi nada” “eu não sei de nada” “eu não sabia” “eu não estava aqui” e, agora a mais famosa, “isso não é problema meu”.
Bom, se uma questão desse tamanho não problema dEle, o que dizer de nós. Na verdade, pelo que Ele quis dizer, é problema daqueles que votaram no Sarney. Então Democracia já era. Só vou cobrar daqueles em quem votei, e os outros podem fazer o que quiser, afinal “NÃO É PROBLEMA MEU”!!

3 comentários:

  1. “O Senado não problema meu. Não votei no Sarney para ser presidente do Senado nem votei para ele ser senador do Maranhão.”
    isso é tão comum que nem chega ser o presidente a dar esse "bom" exemplo pra nós ... são ações como essas que infelizmente caracterizam nossa sociedade , o pior é que as pessoas já acham ate graça e me mostram um conformismo que da nauseas , e eu? quem sou p falar? no fundo não fiz maiores manifestações , sei o erro e continuo nele ... continuamos a falar para o vento e a repetir erros ...

    ResponderExcluir
  2. gsoeti do blog e das frases ao lado!

    ResponderExcluir
  3. O grande problema é esse mesmo: nos achamos graça disso tudo e por isso acabamos nos conformando!!

    ResponderExcluir